sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Depressão Segundo a Medicina Tradicional Chinesa (Parte I)

Texto por Caio Cesar de Oliveira.

Sabemos quanto mais tempo que se passa a tendência aumentam em nos desenvolvermos ansiedade e depressão, porem essa doença ela não esta acometendo só nos tempo de hoje, na China antiga também aconteciam problemas emocionais, com menos frequência mas já existiam. A depressão dentro da medicina tradicional chinesa (MTC) significa YU, onde existem dois significados conhecido como “estagnação” ou “depressão”

Yu como Estagnação:
No capitulo 71 de Su Wen (questões simples), ele refere-se que a depressão está ligado com a estagnações dos 5 elementos, falando da seguinte maneira:
“Quando madeira estagna, ela expande; quando o Fogo estagna, ele ascende; quando a terá estagna, ela se apodera; quando o metal estagna, ele descarrega; quando a Água estagna, ela jorra”.
Através dessas citações, fica claro que para Su Wen que a depressão depende de cada paciente e que forma que a doença apresenta no seu organismo, segundo a teoria dos cinco movimentos (elementos).

Outra maneira citada nas descrições antigas chinesa,foi no “Essential Method de DAN XI (Dan Xi Xin Fa, 1347) fala de uma forma diferente, citando de 6 estagnações do Qi e Xue, sendo elas:
  • Estagnação de Qi
  • Estagnação de Xue
  • Estagnação de alimento
  • Umidade
  • Fleuma
  • Calor

Seguindo esses 6 tipos de estagnações Zhu Dan Xi elaborou uma prescrição para essas seis estagnações chamada de Yue Ju Wan ( Pilula da Gardenia-Ligusticum), uma formula de extrema importância na pratica clinica como tratamento dentro de um quadro de depressão mental, sendo como principal uma estagnação de Qi.

Yu como depressão Mental.
Alem de significar estagnação, Yu também quer dizer depressão mental. Alguns médicos chineses dizem que no sentido geral. Yu indica estagnação, sendo a base patológica para muitas doenças, num sentido mais estrito, Yu se refere à categoria de doença da “depressão mental”.

Maioria das referencias encontradas dentro da MTC, a depressão está relacionado com um fenômeno de excesso, pelo menos nos seis estágios iniciais, com estagnações do Qi do fígado sendo a patologia principal e fundamental desse tipo de doença.
Quando falamos em padrões de excesso vale lembrar que existem outras formas de excesso no organismo como estagnação de Qi transformando em calor, estagnação de fleuma e do xue (sangue). Coloca-se um grande foco em estagnação de Qi de fígado quando estamos falando em seis estágios iniciais.

Porem sabe que tudo na natureza que tem a tendência ficar por muito tempo em um lado da balança é inevitável o seu caminho oposto começar aumentar, Nei Jing já falava isso, mas, o que isso quer dizer?

Dentro da lei do Yin e Yang tudo que tem a tendência ficar muito yang, automaticamente yang começa enfraquecer e em seguida começar surgir o aspecto yin. Uma pessoa que corre incansavelmente (movimento = yang) por muito tempo continuo, vai chegar uma hora que ele vai ter que parar ou ate mesmo desacelerar (movimento yin), isso mostra o a troca equivalente entre yin e yang.

Dentro da depressão, os estágios posteriores da doença, o excesso pode se transformar em deficiência, gerando depressão mental de aspecto deficiente e não por excesso. De fato o calor pode lesar o yin levando uma deficiência de yin do Rim, a fleuma pode prejudicar o baço, causando deficiência de baço e assim por diante.
Na medicina tradicional chinesa, estagnação e depressão mental são quase sinônimos, lembrando que toda depressão é uma estagnação de Qi, basta identificar em que período se encontra a doença.
Identificação de padrões e tratamento.

Na depressão os padrões que podem apresentar são os seguintes:
  • Estagnação d Qi de Fígado
  • Estagnação do Qi do coração e do Pulmão
  • Qi do Fígado estagnado transformando em calor
  • Fleuma-calor perturbando o shen (mente)
  • Estagnação de Sangue obstruindo o shen (mente)
  • Estagnação do Qi com Fleuma
  • Calor no diafragma
  • Preocupação prejudicando a mente
  • Deficiência do coração e do baço
  • Deficiência do Yang do coração
  • Deficiência do Yin do Rim e do Coração, agitação de calor por deficiência.
  • Deficiência do Yang do Rim

Principais pontos para tratamento da depressão na acupuntura.

P7 (Lieque) – Ponto responsável por fazer seleção e troca do Qi na cabeça (Qi puro sobe e Qi impuro desce), no nível psíquico ilumina a mente e eleva humor. Indicado para qualquer tipo de desequilibro energético.

Ig4 (Hegu) – Acalma a mente, regula ansiedade combinando com F3, DU24 e VB13.  Utilizado essa combinação quando o paciente demonstra depressão junto com ansiedade.

E36 (Zusanli) – ótimo tonificante da mente, eleva humor em pacientes deprimido com fundo de deficiência do Qi/Xue.

E40 (Fenglong) – Abre orifícios da mente, muito indicado para pacientes com comportamento maníaco.

B42 (Pohu) – Um dos principais pontos para pacientes que esta pensando suicida (três cadáveres flutuando), incluindo tristeza, aflição, opressão no tórax, depressão. Sendo ponto fortemente ligado com a alma PO, paciente que demonstra sinais de depressão relacionado com pulmão.

B44 (shentang)-  Insônia, ansiedade, inquietação mental, tristeza, pesar e preocupação.

B47 (Hunmen) – Medo, depressão, insônia, sonhos excessivos, falta de senso de direção na vida. Essa pontos trata emoções relacionado com fígado, como frustração prolongada e ressentimento que não passa.

B52 (Zhishi) – Pacientes que não tem motivação, falta de impulso, e falta força de vontade. Esse ponto esta ligado com RIM, pacientes que não tem vontade para fazer nada ou ate mesmo de não iniciar nenhum tipo de tratamento para sair desse quadro, falta força de vontade para a pessoa mudar o seu quadro ou iniciar qualquer tipo de atividade.

Du12 (Shenzhu) – Agitação, fala incoerente, ver fantasmas, delírio, fúria de matar as pessoas.

Du16 (FengFu) – Comportamento maníaco, fala incessante, andar de um lado para outro, vontade de cometer suicídio, tristeza e medo. Indicado para pacientes que tem junto com ansiedade pensamentos mórbido.


Nenhum comentário:

Postar um comentário